Não deixe de conferir:

12ª Mostra Cultural A Ordem do Caos - Programação

Pra quem estava ansioso, este ano a tradicional Mostra Cultural do grupo A Ordem do Caos ocorre no mês de agosto! Com atrações totalm...

02/10/2012

#Conexão - Simplificando a Transmedia e Crossmedia

Por Wellington Dias


É certo que a velocidade das tecnologias nos coloca em novos mundos, cada vez mais cruzados e interligados, mas com toda essa rapidez também perdemos noção do que está presente em nossas vidas. A informação tem seguido caminhos diferentes para chegar até seu receptor. Antes, era necessário ir até a notícia; agora, ela vai até você e por diferentes canais. Resta saber e entender estes meios e como funciona o sistema de cruzamento de informações, pois só assim será possível olhar e perceber que a comunicação está presente em todo lugar e em diversos formatos, alguns até camuflados, mas bem perto de nós. Compreendendo este entrelaçamento de informação, talvez possamos definir melhor quais dados importantes (ou não) podem chegar até nós.


Crossmedia - Ainda não há um "aportuguesamento" para a palavra, por isso pode-se também escrever Cross media ou Cross-media. É a informação passada por vários canais, um cruzamento das mídias de forma independente e completa, como TV, rádio, cartazes etc. Em publicidade, seria uma promoção divulgada em vários meios e em todos eles o consumidor entende a propaganda. É uma comunicação amarrada, estratégia para que em todos os meios se fale da mesma coisa, mas respeitando a forma e linguagem de cada  canal.

Transmedia - É o sistema mais interligado, de forma que a informação necessariamente passe por mais de um meio. Isso desperta o interesse em conhecer mais sobre aquele dado e obriga o interessado a ir aos outros sistemas que compõem aquela novidade. É a continuidade, mas em canais diferentes. Por exemplo, um post no Twitter deixa um link para acessar um blog com mais informações sobre determinado fato. Porém, para o leitor, aquilo ainda não é o suficiente, o que o estimula a comprar um livro que fale mais sobre o assunto.

Estes são os cruzamentos das mídias, estudados por muitos comunicadores, mas ainda assim trata-se de um fenômeno muito novo. Delimitá-lo poderá criar novos paradigmas. Resta compreender por que no meio de tanta informação cruzada é fácil perder-se, para que tenhamos mais facilidade em refinar o que serve e o que é apenas informação dispersiva. É complicado, mas como disse, é apenas o começo e é normal "perder-se no tiroteio". Só temos que tomar cuidado pra não recebermos uma indesejável bala perdida.

Wellington Dias é diretor teatral do grupo A Ordem do Caos e professor universitário. Formado em Comunicação Social - Rádio e TV, atualmente está mestrando em Comunicação e Inovação.