Não deixe de conferir:

12ª Mostra Cultural A Ordem do Caos - Programação

Pra quem estava ansioso, este ano a tradicional Mostra Cultural do grupo A Ordem do Caos ocorre no mês de agosto! Com atrações totalme...

18/06/2014

Doação de medula óssea

Por Jéssica Guedes

Créditos da imagem: Portal da Aldeia


"Só passamos a ter consciência do quão importante é algo, e tomamos algum tipo de providencia, quando passamos por aquilo na própria pele, ou de alguém muito próximo".
A alguns anos uma prima muito querida foi diagnosticada com linfoma. Passou por vários tipos de tratamentos, sendo que sua melhora substancial foi devido ao transplante de medula óssea que recebeu de sua irmã (por coincidência, já inscrita como doadora há alguns anos). Hoje graças a Deus, ela está muito melhor. Apesar do tratamento que é mantido, está ativa, e agradeço a Deus por ter tido a oportunidade de se recuperar.

Infelizmente esta não é a realidade de muitas outras pessoas. Devido a miscigenação em nosso país, é muito mais difícil encontrar um doador compatível. Segundo a Abrale - Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia, por ano, 2,5 mil pessoas são indicadas para realizar o transplante de medula óssea e a chance de encontrar uma medula compatível pode chegar a 1 em 100 mil.

Além disso, é importante ressaltar que muitas pessoas "desaparecem" após se cadastrar, e quando um paciente acha um doador compatível no banco, pode acabar precisando enfrentar uma nova grande barreira. A atualização dos dados junto ao REDOME ( Registro Brasileiro de Doadores de Medula Óssea) é fundamental.

Nenhum de nós está fora de risco, e amanhã pode ser você a precisar de um doador. Se inscreva! Você pode ser o fio de esperança que faltava na vida de muitas pessoas...

Passo a passo para se tornar um doador:
Quem pode doar? Qualquer pessoa entre 18 e 54 anos com boa saúde poderá doar a medula óssea. Lembre-se que uma vez no cadastro, poderá ser chamado, se identificado como compatível com algum paciente, até os 60 anos.

Como é feita a doação? Será retirada por sua veia uma pequena quantidade de sangue (5 a 10ml) e preenchida uma ficha com informações pessoais. Seu sangue será tipificado por exame de histocompatibilidade (HLA), que é um teste de laboratório para identificar suas características genéticas que podem influenciar no transplante. Seu tipo de HLA será incluído no cadastro. Os resultados são confidenciais e servem apenas para os fins do REDOME.

Seus dados serão cruzados com os dos pacientes que precisam de transplante de medula óssea constantemente. Se você for compatível com algum paciente, outros exames de sangue serão necessários.

Se a compatibilidade for confirmada, você será consultado para confirmar que deseja realizar a doação. Seu atual estado de saúde será avaliado.

A doação é um procedimento que se faz em centro cirúrgico, sob anestesia peridural ou geral, e requer internação por um mínimo de 24 horas. Nos primeiros três dias após a doação pode haver desconforto localizado, de leve a moderado, que pode ser amenizado com o uso de analgésicos e medidas simples. Normalmente, os doadores retornam às suas atividades habituais depois da primeira semana.

Existe uma outra forma de obtenção das células-tronco da medula óssea, que utiliza uma máquina específica (aférese) para separar do sangue periférico (corrente sanguínea), as células necessárias para o transplante. Neste caso, o doador tem que receber um medicamento antes da doação (fator de crescimento), que estimula a medula óssea a liberar estas células para a corrente sanguínea. Esta técnica só é utilizada em casos específicos, sob decisão médica e com consentimento do doador.

Como se cadastrar como doador?
Procure um Hemocentro ou um de seus núcleos ou unidades de hemoterapia próximo de sua região para efetuar o seu cadastro. Neste local você será orientado e poderá tirar as suas dúvidas. Após o cadastro de seus dados (nome, filiação, etnia, endereço, entre outros), será coletada uma amostra de seu sangue para a realização da tipagem de seus glóbulos brancos (tipagem HLA). 

Lembrando que o que para você pode ser um leve desconforto, para alguém, pode ser a decisão entre a vida e a morte!

Créditos:
Inca | Abrale - Dúvidas Frequentes

Jéssica Guedes é Designer, ilustradora e blogueira. Adora as artes, animais e pequenas coisas da vida. É estudante da Oficina Teatral do grupo A Ordem do Caos desde 2014.