Não deixe de conferir:

Oficina Teatral 2018 - O Teatro de Alma está de volta.

Está tudo pronto para começar a  Oficina Teatral  A Ordem do Caos. Agora com um novo formato de módulos, e duração de um ano a oficina 20...

22/01/2013

Parabéns, São Paulo!

Por Sheila Borges

Nessa quinzena deixo vocês com esse soneto em comemoração aos 459 anos da cidade de São Paulo. 
Agucem e apreciem seu olhar!
Até mais galera!



Soneto Sentimental à Cidade de São Paulo

Ó cidade tão lírica e tão fria!
Mercenária, que importa - basta! - importa
Que à noite, quando te repousas morta

Lenta e cruel te envolve uma agonia
Não te amo à luz plácida do dia
Amo-te quando a neblina te transporta

Nesse momento, amante, abres-me a porta
E eu te possuo nua e frígida.

Sinto como a tua íris fosforeja
Entre um poema, um riso e uma cerveja
E que mal há se o lar onde se espera

Traz saudade de alguma Baviera
Se a poesia é tua, e em cada mesa
Há um pecador morrendo de beleza? 

Vinícius de Moraes

Sheila Borges é fotógrafa e estudante de Produção Audiovisual, participa de projetos culturais com alguns amigos e é uma grande apreciadora do cinema em geral. Ela escreve para o AODC Notícias quinzenalmente, sempre às terças-feiras. Aprecie fotografias que captam sentimentos, cotidiano urbano e muita arte em Sheila Borges Fotógrafa