Não deixe de conferir:

Temporada do espetáculo teatral "O Rouxinol e a Rosa"

O grupo teatral A Ordem do Caos convida você para assistir à temporada do espetáculo O Rouxinol e a Rosa, no CEU Caminho do Mar. Com ...

22/09/2014

Curiosidades do Café

Por Talita Araújo

Hábito, fome, sono, vicio, frio.

São diversas as razões que levam ao café.  Algumas opiniões se diferem quanto ao gosto e aos efeitos, porém sabemos que, principalmente no Brasil, o “cafezinho” já se tornou há muito tempo indispensável à cultura do nosso povo. Mas o sabor dessa bebida tão polêmica (e deliciosa) não se restringe somente ao jeitinho brasileiro, mas também, é possível ver ao redor do mundo o quanto essa bebida fora importante para a cultura e economia de muitos países.

ITÁLIA¹: Berço do expresso e inventor dos bares, é um dos maiores exportadores de café torrado, ocupando o 10º lugar em consumo. A primeira “loja de café” foi inaugurada em Veneza em 1645. Em Nápoles, em seus imensos bares, foi criada grande parte da cultura de consumo do café, onde é servido um espresso ristretto com um pouco de açúcar adicionado durante a extração.
 
FRANÇA¹: Entre os séculos XVII e XIX, os cafés parisienses acolhiam intelectuais como Voltaire e Honoré de Balzac. Hoje em dia é consumido principalmente o café filtrado, servido com croissants e baguetes, enquanto os apreciadores de expresso vão para as brûleries. No norte, consome-se um expresso mais longo em relação ao italiano. 
 
EUA¹: O café filtrado e o café por infusão são os mais comuns: é servido em canecas ou em copos grandes de papel, a oferta é muito ampla e as aromatizações são variadas. O consumo não se concentra em um período específico do dia - é muito mais eclético -como a cidade de Nova Iorque. Os Estados Unidos são o maior consumidor de café do mundo, seguidos do Brasil, que é o maior país produtor.
 

TURQUIA¹: O café chegou à Istambul em meados do século XVI graças aos mercadores sírios, e desempenha desde então um papel importante na sociedade, na política, na religião e na hospitalidade. Nos haréns, o marido julgava as mulheres também pela habilidade com que preparavam o café. Hoje em dia na Turquia há um ditado: "beber uma xícara de café juntos garante quarenta anos de amizade”.
 
+

Falar dos hábitos é muito bom e muito bonito, mas e os benefícios que ele causa?

Segundo pesquisas, consumindo de 2 a 5 xícaras por dia você reduz a chance de ter um AVE (Acidente Vascular Encefálico) em 25%. A cafeína, encontrada nos grãos, dilata os vasos sanguíneos e ajuda a combater as gorduras que entopem os vasos e, consequentemente, seu sangue circula com mais facilidade pelo seu corpo, por isso ele ajuda na concentração e na produtividade. Lembrando que todo exagero é digno de riscos, então não exagere ok?
    
Como falamos tanto de café e deve ter surgido na sua boca uma aguinha, pra matar a vontade, vá à cozinha e faça um café bem forte com pouco açúcar, coloque o café na xícara (a mais bonita que você tiver) pela metade, a outra metade da xícara você vai colocar chantilly (já batido, por favor) e qualquer tipo de chocolate por cima, chocolate em pó, chocolate ralado, picado... O importante é a combinação dos sabores.

Tenho duas dicas de lugares onde você encontrará ótimos cafés: 
 
Confeitaria Colombo no Rio de Janeiro (vai precisar economizar um pouco para saborear os cafés de lá, mas vale muito a ostentação).
Qualquer padaria. São Paulo, ao contrário de Minas Gerais, tem um hábito bem legal de tomar o café da padaria, paulistanos explorem suas padarias!

    


Fonte¹: http://www.illy.com/wps/wcm/connect/pt/coffee/beneficios-cafe
Imagens: http://entretenimento.r7.com/blogs/giuseppe-oristanio/2013/09/17/confeitaria-colombo/
http://guiadosabor.verdesmares.com.br/materias/vanilla-caffe-pequeno-e-charmoso
http://ultradownloads.com.br/papel-de-parede/Graos-de-Cafe-Formando-Uma-Xicara/
 
 
Talita Araújo cursa Arquitetura e Urbanismo, perfeccionista e amante das artes. Escreve quinzenalmente aos domingos para o AODC notícias.