Não deixe de conferir:

12ª Mostra Cultural A Ordem do Caos - Programação

Pra quem estava ansioso, este ano a tradicional Mostra Cultural do grupo A Ordem do Caos ocorre no mês de agosto! Com atrações totalme...

02/02/2015

Água: como economizar?

Por Gi Olmedo*
 *Com informações do Catraca Livre e CicloVivo

Sistema Cantareira (São Paulo)

Há poucos dias nos deparamos com uma declaração que fez cair a ficha àqueles que ainda não haviam aberto os olhos para o caos hídrico que vivemos atualmente: um possível racionamento, com água chegando às nossas casas apenas dois dias por semana. Esse 5x2 é de amedrontar, não?

Há muitos anos ouvimos falar em medidas para economia de água por todos os cantos do planeta. Mas quem as segue de fato? Entre os infinitos debates sobre quem é ou não o culpado pela escassez e eminente racionamento em SP, como cada um de nós pode minimizar os erros do dia a dia e correr atrás do prejuízo da falta d’água?

1 –Banho 
Mais simples impossível: ligue o chuveiro, ensaboe-se, enxague-se e desligue o chuveiro. Sem enrolação. Cinco, sete minutos no máximo. Quando for lavar os cabelos, a opção é passar o xampu e em seguida desligar a água. Religue somente na hora do enxágue. Teríamos uma economia de 13,4 bilhões de litros por mês se cada duas pessoas da Grande São Paulo adotassem essa prática - quantidade suficiente para abastecer uma população maior do que a de Salvador por 30 dias. 
Ainda no banho: deixe um balde embaixo do chuveiro para coletar essa água. Você poderá utilizá-la para descargas ou para lavar seus panos de chão. Baita economia, hein?

2 – Escovando os dentes
Mais uma vez o básico: desligue a torneira enquanto faz sua limpeza bucal. Jamais deixe a água correndo enquanto isso. Uma única pessoa pode economizar cerca de 1,9 milhão de litros de água ao longo da vida somente com esse procedimento.

3 – Na descarga
Aperte somente uma vez o botão para seu acionamento. Confira também periodicamente se a válvula não possui defeitos e evite jogar lixo no vaso sanitário.

4 – Torneiras
Aberta, a cada minuto uma torneira pode gastar de 12 a 20 litros. E sabe aquele pinga-pinga de torneira mal fechada? Isso pode desperdiçar até 46 litros de água por dia. Evite essa perda. Ainda, você pode utilizar o aerador, mais conhecido como aquela "peneirinha" que pode ser colocada no bico da torneira para ajudar na economia de água. Ela proporciona sensação de fluxo mais intenso e poupa o uso.

5 – Vazamentos
Um buraco de dois milímetros no encanamento desperdiça cerca de três mil litros de água por dia. Imagine que toda essa água poderia ser útil para lavar sua roupa. Canos furados e vazamentos são desperdício de água potável e dinheiro. Portanto, feche as torneiras, interrompa o consumo e veja se os ponteiros do seu hidrômetro continuam girando. Se sim, busque a ajuda de um encanador, pois você está com vazamentos em casa.

6 – Caixas d’água
Mantenha-a sempre tampada e evite transbordamentos.

7 – Lavar louça
Procure eliminar a seco o excesso de sujeira de panelas, copos, pratos e talheres. Só aí, abra a torneira. Feche-a e ensaboe toda a louça. Enxague tudo de uma vez: isso evita o desperdício.

8 – Jardim e plantas
Você pode regá-las dia sim e dia não, pela manhã ou à noite. Água da chuva (quando chove, né?) pode ser reaproveitada, bastando deixar baldes no quintal para recolhê-la.

9 – Carro
Um balde de 10 litros, uma vez por mês. Somente isso, sem discussão. A quantidade é o suficiente para você lavar seu carro completamente. Ainda é possível aproveitar aquele resto de água do banho e das máquinas de lavar.

10 – Limpeza de quintal e calçadas
Use a vassoura. Mangueira só se for extremamente necessário e, ainda assim, é possível substituí-la por baldes com a água da máquina de lavar. Pode ser mais trabalhoso, mas você vai sentir no bolso a economia – e o planeta também agradece (em 15 minutos, o desperdício de água chega a 280 litros se a mangueira for utilizada).

11 – Crianças

– Dê o exemplo na hora de escovar os dentes: copinho, torneira fechada e muita economia.

– Por mais que o calor peça, evite as maravilhosas brincadeiras com mangueira e piscina. Que tal um pequeno borrifador? É extremamente divertido!

– Use a água do banho do bebê para lavar o banheiro, passar pano no chão ou ainda para reaproveitar na máquina de lavar roupas. A economia média é de 210 litros.

12 - Animais
Para dar o “banho a seco” no seu animalzinho, limpe os ouvidos dele com um algodão umedecido. Patas, barriga e genitais podem ser lavadas com lenço umedecido (não aquele para bebês, mas um específico para animais). Para o restante do corpo, uma boa receita caseira é uma mistura feita com um litro de água, uma xícara de álcool e uma xícara de vinagre. Umedeça uma toalha com essa solução e passe no sentido contrário ao pelo do animal. Ao terminar, basta escovar seu bichinho.

13 – Política 
Cobre os políticos que estão no poder de ações que priorizem a sustentabilidade. É necessária uma conscientização coletiva para deixarmos água às gerações futuras. 

Embora eu ainda ache que cada um de nós deve colaborar para evitar ao máximo o desperdício de água, fica a pergunta: será que as grandes empresas e instituições que visam o lucro têm adotado medidas semelhantes para evitar o "sumiço geral" da água em SP? Creio que exista a necessidade de esforços de todos os lados, em benefício de cada um dos seres viventes neste planeta. O planejamento governamental também fez muita falta nesse momento. Portanto, mais do que nunca, agora é a hora de agir.

Gi Olmedo é jornalista e atua na área editorial como revisora e preparadora de textos. Ela escreve para o blog AODC Notícias quinzenalmente, sempre às segundas-feiras