Não deixe de conferir:

Olha como vem: 12ª Mostra Cultural A Ordem do Caos abre inscrições

Demoramos mas estamos aqui, porque 2017 não poderia passar em branco sem a 12ª edição da nossa mostra cultural! Há doze anos criamos essa ...

04/02/2012

Inauguração do novo trecho da Ciclovia Pinheiros

  A Ciclovia Pinheiros foi inaugurada há dois anos e, desde então, vem criando expectativas em todos os ciclistas que a usam, como a criação de novos acessos, ampliação do horário de uso e, é claro, a sua extensão até o Parque Vila Lobos. Hoje, 04/02/2012, estava prevista a entrega do segundo trecho que liga a Vila Olímpia até a estação da CPTM Cidade Universitária, somando mais 5 km ao traçado inicial. Porém, devido a alguns ajustes, esta inauguração só ocorrerá dia 11/02/2012, segundo a CPTM.

Estive hoje pedalando por ela e pude ver a entrada deste novo trecho. Diferente do anterior, o asfalto é novo, e a novidade vem por conta da tinta usada, anti derrapante, que tem pó de vidro em sua composição. Isso ajuda muito nos dias chuvosos.

  Os acessos ainda são escassos, sendo o primeiro na Av Miguel Iunes, depois nas estações Jurubatuba e Santo Amaro, que ao meu ver não dão certo em horário de pico, pois usam os acessos comuns aos passageiros, e a saída da Vila Olímpia. Com o novo trecho, teremos ainda uma rampa na ponte da Cidade Universitária. Os acessos perto das estações da CPTM, como a do Morumbi, têm expectativa de início de obra em maio.
  A ciclovia se tornou para muitos um auxílio na ida ao trabalho, e a ampliação no horário pode vir com a colocação dos postes movidos à energia solar e eólicos, testado com sucesso na estação Jurubatuba. Serão cerca de 730 postes por todo o trajeto.
  Em todo este tempo só houve um assalto efetivado, ocorrido em 29/01/2012, mas a via conta com seguranças andando de motos e bikes. Talvez a implantação de monitoramento por câmeras ou telefones a cada trecho ajudasse, não só na segurança, mas em caso de emergências.
Vale ressaltar que a educação por parte de alguns ciclistas ainda complica a ciclovia, pois estes forçam quem vai sentido zona sul a irem na parte reservada aos carros da EMAE. A pista é dividida e deve se respeitar isso.
  Bom, sábado veremos se São Paulo ganha mais esta obra, que ajudará muito quem opta por uma alternativa de transporte sadia.


Fonte : CPTM